SAMU Lapa segue salvando vidas!

Atendimento é monitorado por uma Central de Regulação.

Saúde 04/07/2017 às 15h45min

Serviço é acionado mediante serviço 192.

A história do SAMU na Lapa teve início no ano de 2012, quando o sistema foi implantado, para funcionar em conjunto com a recém instalada UPA Municipal, conforme modelo adotado pelo Ministério da Saúde.

O SAMU é parte integrante do sistema regionalizado e hierarquizado, capaz de atender, dentro da região de abrangência todo enfermo, ferido ou parturiente em situação de urgência ou emergência, transportando-os com segurança sempre com acompanhamento de profissionais de saúde até o nível hospitalar do sistema. É responsável também, por meio de uma central regularizadora, de transferências de pacientes graves, promovendo a ativação de equipes apropriadas de acordo com o estado clínico do paciente.

Segundo o Diretor da UPA e Coordenador do SAMU, Luiz Benedito Gribner, “de janeiro a maio, foram realizados 273 atendimentos sendo 89 tipos clínicos, 120 transferências, 8 obstétricos, 26 traumas, 1 óbito, 8 psiquiátricos e lamentavelmente 21 trotes”.

Redes de Urgência e Tipos de Unidade:

As centrais de regulação médica de urgência do SAMU – 192 estabelecem a conexão com toda a rede de saúde na macrorregião de abrangência através de telefonia ou rádio.

A Lapa possui uma Unidade Móvel de Suporte Básico, equipada com, além de medicação completa, rede de oxigênio, prancha longa de madeira para imobilizações da coluna, colares cervicais, cilindro de O2, talas para fraturas e ressuscitador manual adulto e infantil.

Em casos de maior complexidade, por meio da rede SAMU, é solicitado o apoio da Unidade Alfa SAMU, composta outros por equipamentos e serviço médico a bordo, em casos que necessitem de maiores cuidados ou que envolva riscos na transferência.  

Também há, dentro do sistema SAMU, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal um helicóptero de Suporte Avançado de Vida, que constantemente faz, mediante constatação da necessidade pela central de regulação, transporte aéreo de pacientes em estado grave, desde que estabilizados.

SAMU: Como chamar:

O SAMU é responsável por boa parte das transferências realizadas de pacientes da UPA Municipal da Lapa para demais hospitais conveniados. O atendimento de urgência e emergência á população é feito por meio de uma central de regulação pelo telefone 192.

Ao acionar o sistema, o médico regulador além de orientar o cidadão que necessita de atendimento, pode ativar a equipes do Programa Saúde da Família para atendimento domiciliar e, dependendo da gravidade avaliada, enviar equipes móveis de suporte básico de vida ou Unidades avançadas de Tratamento Intensivo.

SAMU: Quando chamar:

É importante que a população tenha conhecimento de, em quais situações deve acionar o SAMU. As principais são:

·         Dores no peito de aparecimento súbito;

·         Situações de intoxicações e envenenamento;

·         Queimaduras graves;

·         Trabalhos de parto com risco de morte da mãe ou do feto;

·         Problemas respiratórios graves;

·         Crises convulsivas (ataque);

·         Tentativa de suicídio;

·         Perda de consciência (desmaio);

·         Sangramentos / hemorragias.

 

Quais os símbolos mais significativos do município da Lapa?


monumentos históricos (41.5%)
elementos da gastronomia (4.4%)
belezas naturais (52.0%)
aspectos econômicos (2.2%)